Notícias

É fato que o município do Recife, assim como a maioria das cidades do País, não dão conta do esgoto que é produzido diariamente. Pernambuco possui aproximadamente 25 a 30 por cento do esgoto tratado pela esfera pública. Falta muito para obtermos um padrão perto do razoável a respeito do tratamento de esgoto sanitário.

O Governo do Estado firmou uma Parceria Público Privada (PPP) para aumentar em até 90% o saneamento básico do Recife, até 2034. Mas até lá, é preciso buscar outras alternativas para minimizar este problema. A contratação de empresas especializadas na destinação correta dos efluentes é uma ótima opção. Nessa perspectiva, a Empresa Lógica Ambiental, responsável pela operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE-Curado), localizada no Recife, desenvolve não somente o tratamento de esgoto sanitário, mas também como a compostagem de resíduos orgânicos para fabricação de adubo e tijolo ecológico.

De acordo com a diretora da Lógica Ambiental, Andréa Cantarelli, as empresas que contratam os serviços da ETE Curado são empresas focadas, não apenas em destinar seus resíduos, mas em transformá-lo em ganho ambiental. “Desenvolvemos com nossos clientes um trabalho de responsabilidade ambiental. Eles precisam fazer um cadastro online para conhecer nosso trabalho e recebem um certificado atestando que os resíduos tiveram uma destinação ambientalmente adequada, focada na responsabilidade legal, preocupada com o equilíbrio do meio ambiente”, ressalta a diretora.